Home

2015-854649359-2015100207621.jpg_20151002 (1)

O novo ministro da Ciência e Tecnologia,  podemos supor uma pasta importante, Celso Pansera, do PMDB, ganhou notoriedade nacional ao ser chamado pelo doleiro Alberto Youssef, colaboração premiada na Lava-Jato, de pau-mandado.

Homem de inteira confiança de Eduardo Cunha, já apresentou oito requerimentos para quebrar os sigilos bancários, telefônico e fiscal da mulher, da irmã e das duas filhas de Youssef.

Não parou aí. Já pediu a convocação da advogada Beatriz Catta Preta que defendia delatores, foi ameaçada, e renunciou à profissão.

Não parou aí, novamente. Pediu a convocação do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, para depor na CPI da Petrobras.

Aí não teve sucesso.

Em todas essas iniciativas, por óbvio, Eduardo Cunha, não tinha por que reprovar o seu “pau-mandado”.

Há bem pouco tinha um restaurante na Baixada Fluminense que ele titulou de “Barganha”.

Foi um visionário.

Acaba de ganhar de Dilma, governo do PT, um dos ministérios mais importantes, em qualquer país sério que aposte no conhecimento, nas pesquisas, enfim, queira de fato produzir inclusão social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s