Home

images-cms-image-000446909 (1)

O texto de Isabela Odebrecht, esposa de Marcelo Odebrecht, referindo-se a uma sindicalista, vazado do telefone celular do marido, por ocasião de um jantar oferecido por ele, pode ter gerado a frase do ano:

– Se sujar minha toalha de linho, ou pedir Marmitex, vou pirar. Saudações Sindicais? Não mereço.

A frase da esposa de Marcelo, o príncipe dos empresários durante os anos de Lulopetismo, é, reconheçamos, um primor de perversidade e maledicência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s